O QUE É UMA COMUNIDADE TERAPÊUTICA? COMO ELA FUNCIONA?

O QUE É UMA COMUNIDADE TERAPÊUTICA? COMO ELA FUNCIONA?
by

Você provavelmente já até ouviu falar sobre, mas talvez não saiba O que é uma comunidade terapêutica! Se for o caso, tudo bem! Não tem problema! Na verdade, muita gente não faz ideia do que esses lugares são de fato e como funcionam. 

A questão é que eles prestam grande serviço para a nossa sociedade, e é por isso que devem ser conhecidas e reverenciadas. O que elas oferecem deve ser entendido como uma ótima opção para muitas pessoas, especialmente para aquelas que estão sofrendo. 

Sendo assim, a seguir vamos te explicar o que é uma comunidade terapêutica e como elas funcionam, para que você tenha uma compreensão maior sobre esses sistemas e seus benefícios! Vem conferir! 

 

HISTÓRIA DAS COMUNIDADES TERAPÊUTICAS?

A história das CTs tem início na Synanon, uma comunidade autossuficiente de dependentes químicos em recuperação, fundada em 1958 em Santa Mônica, na Califórnia. Daí progressivamente foi surgindo outros centros com características e algumas peculiaridades distintas em inúmeros países. No Brasil, a primeira CT fundada foi a Fazenda do Senhor Jesus, em 1978, na cidade de Campinas, no interior de São Paulo, através do trabalho realizado pelo religioso americano padre Haroldo Rahm.

As CTs podem ser definidas como ambientes residenciais livres de drogas, voltadas para a reabilitação psicossocial. Em outras palavras, trata-se de um ambiente de intensa interação social entre seus pares, nos quais as pessoas com problemas de dependência química convivem de forma organizada e estruturada para promover uma profunda mudança em seus estilos de vida, livres de drogas, enquanto recuperam a sua saúde física, retomam valores pessoais e sociais outrora invertidos durante o uso ativo de álcool e drogas. Também são ambientes de resgate de autoestima, dignidade, amor próprio, ajuda ao próximo e uma visão mais realista sobre si e sobre sua própria família. O objetivo específico é tratar o transtorno individual, mas com o propósito mais amplo de transformar estilos de vida, com busca da honestidade pessoal e resgates de projetos de vidas pessoais esquecidos e  perdidos. A comunidade terapêutica como método social é destinada a ajudar os indivíduos num compromisso absoluto com a mudança de si mesmo.

Até meados da década de 1980, as Comunidades Terapêuticas tinham uma posição predominante na maioria dos sistemas de tratamento de dependência de substâncias do mundo ocidental, muitas delas mantinham-se com recursos próprios ou baseadas em auxílio comunitário com elementos da espiritualidade e do suporte social de pares, num contexto de aprendizagem social como pilares principais dos ingredientes do tratamento.

É importante nesse contexto entendermos que a recuperação é considerada um processo demorado em longo prazo e evolui em etapas, num continuum de cuidados. Não existe um modelo único que funcione para todos. Cada indivíduo vai ter necessidades diferentes e precisar de equipamentos diferentes de cuidados mediante as necessidades do quadro clínico e da evolução de sua doença naquele momento de vida. O tratamento em CTs para dependência química leva tempo, geralmente em torno de 6 a 12 meses.

 

AFINAL: O QUE É UMA COMUNIDADE TERAPÊUTICA? 

Para começar, apesar de ser algo mais ou menos óbvio, é importante explicar que uma comunidade terapêutica nada mais é do que um espaço físico no qual as pessoas convivem e se comportam como uma espécie de mini sociedade.  

Essa comunidade tem vários elementos das comunidades e sociedades maiores, mas nelas não existem líderes com poderes burocráticos, como um prefeito ou um governador, por exemplo. 

O que há, isso sim, é quem cumpra a função de liderança, e isso é importante, pois existem regras e normas na comunidade terapêutica como existem em qualquer comunidade e é importantíssimo que elas sejam obedecidas. 

A COMUNIDADE TERAPÊUTICA FUNCIONA COMO UMA CLÍNICA DE RECUPERAÇÃO DE DEPENDENTES? 

De certo modo sim, e por uma razão muito especial: dentro dessas comunidades não pode haver álcool ou drogas de modo geral. Ou seja, quem entrar vai ter que ficar limpo por um longo período. 

Esse afastamento é entendido como providencial por aqueles que precisam se recuperar do vício, lidar com a abstinência e claro, retomar aos poucos a vida normal, livres do uso dessas substâncias! 

COMO FUNCIONA UMA COMUNIDADE TERAPÊUTICA? 

Agora que você sabe o que é uma comunidade terapêutica é importante poder compreender como é o funcionamento delas! De modo geral, é necessário que existam nesses ambientes três pilares fundamentais, para que ele funcione plenamente: 

1 – A disciplina 

A disciplina é primordial para que um dependente químico se reintegre a sua família e a sociedade livre do vício. Sem ela, a tendência é que ele acabe falhando nos seus propósitos e volte a ser um usuário. 

É difícil encarar a vida sem a muleta que a substância dá, e quando a pessoa fica limpa precisa encarar tudo o que perdeu e entender que terá que recomeçar do zero.  

Isso é muito sofrido e complicado, e é por isso que na comunidade terapêutica há uma ajuda grande para que o indivíduo se comporte de forma disciplinada, até porque ele terá que seguir normas e entender que seu desejo fica em segundo plano, porque as necessidades da comunidade vêm antes! 

2 – O trabalho 

O trabalho é algo primordial dentro da comunidade terapêutica. É através dele que aos poucos o dependente vai recobrando a sua identidade, a sua dignidade, o seu orgulho próprio e a sua vontade de estar bem! 

Ter responsabilidade, ser gratificado por ser produtivo e seguir dentro de um sistema fazem com que o indivíduo adicto recupere aos poucos o propósito de viver, compreendendo que não é nas drogas que reside o sentido de sua vida! 

3 – Espiritualidade 

Um dos princípios sobre o que é uma comunidade terapêutica é a presença de Deus nesses locais. A ideia é que aos poucos o dependente deixe de adorar às drogas e se volte para a fé! Com a fé ele consegue grandes coisas, inclusive se recuperar! 

Vale dizer que as comunidades terapêuticas costumam seguir o programa dos 12 passos, que são todos relacionados a Deus e a busca do dependente pela sua recuperação, dia após dia, semana após semana, ano após ano! 

QUAL O OBJETIVO DESSAS COMUNIDADES? 

O grande objetivo dessas comunidades é permitir que pessoas que estão doentes se conscientizem do seu problema e aos poucos se tratem, podendo então voltar algum dia para o convívio social de maneira plena e efetiva! 

 

Share